Habemus post (e cozinha)!



Meses passaram-se e nem pus os dedos nem os olhos aqui… Acabaram-se as aventuras, as peripécias, as histórias de outros povos…
Voltei à ilha e sinto-me a afundar nela… Arranjar trabalho por cá é um mito maior do que a pontualidade britânica. 6 meses lá vão dedicados à mãezinha, aos amigos, às ponchas, às pesquisas de trabalho, às obras em casa, aos ralis, às investidas de empreendedorismo, ao voluntariado pela Liga Portuguesa Contra o Cancro, ao artesanato e até ao aumento de peso… Não parei… porque se parasse tinha morrido!

Riem-se aqueles quando digo que a idade já me pesa. Triste fico eu ao saber que aos 31 sou desclassificada para integrar uma equipa de trabalho.  -“Pois, lamento mas já ultrapassou o limite de idade!”

Já estou mentalizada para ser doméstica como antigamente a maioria das mulheres eram. Nasci para ser mais uma licenciada contemplada para ficar com o rabo em casa (ou na praia?)! Especialização, mestrado, esses servem-me para fazer texto no curriculum.

E com o coração ao alto: Haja saúde e pratinho de comida na mesa!

E as boa noticia: Após 3 meses de plenas obras (e acampamento) em casa, já temos cozinha!! Uau!!! A contrastar a falta de trabalho estou tão feliz por ter armários novinhos, um maravilhoso fogão e tachos a luzir à minha frente! 


Quase que digo: habemus dondoca! 
Category: 4 estrelampadas

4 comentários:

Rubi disse...

Deprimente. Aos 31 anos ser considerada velha, mas de certa forma encaixa na ideia que os de vinte e poucos anos trabalham quase de graca. Ha' sempre um mundo ca' fora para explorar. Beijinhos

_+*Ælitis in Paris*+_ disse...

Eu também quero uma cozinha nova, snif :(

Nisa Gouveia disse...

Já tinha sentido a tua falta!!
Andas a Baldar-te como gente grande!! :)

Jingas disse...

de facto estranhava a falta de notícias...
welcome back!