Ups....

Enganei-me no meu número de telemóvel, peço desculpa aos que me tentaram contactar. O número correcto (e já com o indicativo) é: 0034 679 73 11 34. Legendas das fotos: 1º - Eu, Arnaud, Marie G. e Mary R. na Plaza Mayor no dia de chegada a Valladolid! 2º - A vista do meu quarto! Sim, tb tenho uma fachada horrenda como esta! Estamos prisioneiros num claustro em que comunicamos pelas janelas! 3º - O aspecto sinistro da entrada do meu prédio e com a sinalização de Pensão Argentina camas. Ps: não tem caixa de correio! :( 4º - Uma pose na casa onde nasceu Filipe II, perto da Plaza de San Pablo. 5º - A minha famosa bananeira no Campo Grande (de Valladolid, claro. Não confundir com a capital portuguesa). Uma curiosidade: Existem rotundas com stop e cedência de prioridade a meio!! Uma pessoa vai a circular dentro e tem de parar para que outros entrem! Tenho visto isto em várias rotundas de todos os tamanhos. Confirma-se que parece ser "típico" dali da zona.
Category: 4 estrelampadas

4 comentários:

Anônimo disse...

"Posso ter defeitos, viver
ansiosa e ficar irritada algumas vezes,
mas não me esqueço de que a minha vida
é a maior empresa do mundo, e posso
evitar que ela vá à falência...

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar
de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise...

Ser feliz é deixar de ser vitima dos problemas
e tornar-se num autor da própria história...

É atravessar desertos fora de si,
mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma,
é agradecer a Deus a cada manha pelo milagre da vida

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos
É saber falar de si mesmo
É ter coragem para ouvir um "não"
É ter segurança para receber uma critica,
mesmo que injusta

Pedras no caminho?
Guardo-as todas...um dia vou construir um castelo..."

Fernando Pessoa


Miga este poema é para ti para aqueles dias em que a vida parecer cinzenta para ti.... beijinho grandeeeeeeee....Susana

Anônimo disse...

Felicidades, guapa!
O que vale é que não andas aí de coche, senão tavas feita nas rotundas! Ficarei atento ao blog.
Besos.
Antónymo Ferreyra.

Madruga disse...

Entonces mujer, ya estas en suelo español.

Minha Madruguinha, fico contente em saber que estas bem, não fiques a pensar que temos saudades tuas, porque é verdade, porra mas é para tua felicidade, então aguentamos, vê se te despachas porque temos trabalho, não te esqueças que fazes falta meu terror. beijos e cuidado com LOS TOREROS.

Anônimo disse...

Li
Jo